Seu navegador não suporta javascript!

EPL - Empresa de Planejamento e Logística S.A.
Empresa de Planejamento e Logística S.A.

Voltar para:  Página Inicial Comunicação Comunicação Notícias Notícias Página Inicial Consórcios europeus pagarão R$ 3,72 bilhões por aeroportos do Projeto Crescer
Acesso à Informação
Institucional
Atividades Finalísticas
Legislação
Comunicação

Consórcios europeus pagarão R$ 3,72 bilhões por aeroportos do Projeto Crescer

16/03/2017
Consórcios europeus pagarão R$ 3,72 bilhões por aeroportos do Projeto Crescer

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) realizou, na manhã desta quinta-feira, o leilão dos aeroportos de Porto Alegre, Salvador, Florianópolis e Fortaleza.

Parte das concessões previstas no Projeto Crescer, o leilão realizado na BM&FBovespa, em São Paulo, teve os quatro empreendimentos arrematados pelo total de R$ 3,72 bilhões. O valor tem ágio de 93,75% sobre a oferta mínima prevista pelo Governo Federal, de R$ 754 milhões.

O Aeroporto Internacional de Salvador (BA) foi arrematado pela operadora aeroportuária francesa Vinci Airports por R$ 1,59 bilhão.

A alemã Fraport AG Frankurt Airport Services arrematou dois aeroportos, o Internacional de Porto Alegre (RS) por R$382 milhões e o Internacional de Fortaleza (CE), que recebeu lance de R$1,5 bilhão.

Já o Aeroporto Internacional de Florianópolis (SC) foi arrematado pela operadora suíça Zurich International Airport AG com lance de R$ 241 milhões.

A previsão de investimentos a serem realizados pelos operadoras vencedoras nos aeroportos arrematados é de cerca de R$ 6 bilhões e incluem, entre outras melhorias, a ampliação dos terminais de passageiros, dos pátios para aeronaves e das pistas de pouso e decolagem.

O sucesso do leilão mostra que os investimentos em infraestrutura vão reaquecer a economia e estimular a criação de empregos no país.

Como empresa responsável pela inteligência do setor de transportes do Governo Federal, a EPL realiza estudos para aprimorar os projetos de infraestrutura das futuras concessões planejadas pelo Projeto Crescer.