Seu navegador não suporta javascript!

EPL - Empresa de Planejamento e Logística S.A.
Empresa de Planejamento e Logística S.A.

Voltar para:  Página Inicial Atividades Finalísticas Atividades Finalísticas Estudos e Pesquisas Estudos e Pesquisas Página Inicial Estudo dos Custos do Transporte Hidroviário no Brasil - Elaboração de Ferramenta de Simulação
Rede Georeferenciada
Acesso à Informação
Institucional
Atividades Finalísticas
Legislação
Comunicação

Estudo dos Custos do Transporte Hidroviário no Brasil - Elaboração de Ferramenta de Simulação

A EPL em parceria com a INECO, empresa ligada ao Governo espanhol, com interveniência do PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, elaborou um Estudo dos Custos de Transporte Hidroviário no Brasil.

O objetivo desse estudo foi desenvolver uma ferramenta de cálculo dos custos do transporte hidroviário aplicável às diferentes situações de transporte hidroviário do Brasil de tal forma que os resultados do modelo permitam comparar os custos totais do transporte hidroviário com os custos dos modais ferroviário e rodoviário, possibilitando melhor integração do modal hidroviário no planejamento do sistema de transporte. Os referidos estudos têm como objetivo dar suporte à EPL nas análises de alternativas logísticas.

Os estudos de caso foram desenvolvidos para a Hidrovia do Madeira e do Tietê- Paraná onde foram analisados os centros de custo que interferem na produção do transporte fluvial, tais como portos, custos de operação da navegação, custos associados à disponibilidade do canal de navegação e as eclusas.

No primeiro momento dos trabalhos foram analisados os Planos e Programas relacionados ao Transporte Hidroviário, desenvolvidos pelos diversos órgãos governamentais e entidades interessadas no assunto; realizado o levantamento de informações junto às administrações portuárias e hidroviárias, operadores e transportadores hidroviários, no Brasil e no exterior; e estabelecido o modelo de custos hidroviários e estudo de casos para teste e calibração do Modelo a ser adotado.

O corpo técnico da EPL, além das atividades de coordenação e análise técnica dos trabalhos apresentados pelos consultores, participou ativamente dos trabalhos, inclusive das visitas aos Portos e aos principais terminais de embarcadores e transportadores de carga da região da Hidrovia do Madeira, da Hidrovia Solimões- Amazonas e Hidrovia do Tietê- Paraná, levantando as informações básicas para desenvolvimento da ferramenta.