Seu navegador não suporta javascript!

EPL - Empresa de Planejamento e Logística S.A.
Empresa de Planejamento e Logística S.A.

Voltar para: Página Inicial ComunicaçãoComunicação NotíciasNotícias Página InicialSeminário na Câmara dos Deputados discute desafios ambientais em projeto da Ferrogrão
Seminário “A CONTRIBUIÇÃO DO OBSERVATÓRIO NACIONAL DE TRANSPORTE E LOGÍSTICA PARA O PLANEJAMENTO DO SETOR DE TRANSPORTE”
Acesso à Informação
Institucional
Atividades Finalísticas
Legislação
Comunicação

Seminário na Câmara dos Deputados discute desafios ambientais em projeto da Ferrogrão

24 de abril de 2018

Seminário na Câmara dos Deputados discute desafios ambientais em projeto da Ferrogrão

Os desafios para a execução do projeto da Ferrogrão, uma das ferrovias previstas no Plano Nacional de Logística, foram tema de um seminário realizado pela Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados nesta terça-feira (24).

Com previsão de investimentos da ordem de R$ 13 bilhões, o projeto da Ferrovia EF-170 conta com uma extensão de 933 quilômetros entre a cidade mato-grossense de Sinop e o Porto de Miritituba, no estado do Pará.

Participante da primeira mesa de debates, “Planejamento Estratégico e Logística de Transportes”, o diretor de planejamento da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Adailton Cardoso Dias, deixou claro que o Governo Federal leva em consideração a compatibilização do projeto com as demandas socioambientais.

Segundo o diretor, devido à magnitude do projeto, que ainda se encontra em fase preliminar, é esperado um impacto significativo na região. Entretanto, ainda de acordo com Adailton, os estudos realizados apontam a ferrovia como alternativa mais adequada ambientalmente.

“Assim que tivermos um parceiro privado com objetivo de investir nesse projeto iniciaremos os estudos necessários para que se obtenham licenças ambientais, de acordo com as orientações e determinações legais dos órgãos ambientais, sempre ouvindo todos os povos indígenas e a sociedade impactada”, disse.

Para o Secretário de Coordenação de Projetos da Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Tarcísio Freitas, o investimento em infraestrutura é uma das formas de se aumentar a produtividade.

“É possível fazer a Ferrogrão conciliando o empreendimento com os interesses dos povos indígenas, com a preservação do meio ambiente. Não é objetivo fazer algo que não seja efetivo. Estamos abertos para fazer o empreendimento da forma mais sustentável possível”, disse.